A cultura organizacional e reputação das empresas

No items found.
publicado em
10/26/2023

Ter uma cultura organizacional definida é de suma importância para qualquer negócio, pois é a partir dela que os aspectos mais fundamentais para o funcionamento natural da empresa serão construídos. Ela garante que os esforços da empresa, assim como a conduta dos membros da equipe, sejam direcionados ao mesmo objetivo e de forma conjunta.

Esses princípios servem como base para todas as dinâmicas da empresa. Portanto, se não existe uma definição da cultura organizacional, a equipe tende a trabalhar de forma dispersa, o que compromete os resultados do time e a saúde do negócio.

O que é cultura organizacional?

Pode-se definir a cultura organizacional como o conjunto de valores, princípios e comportamentos que compõem a identidade de uma empresa. A cultura também ajuda nos processos seletivos, pois, aplicando esses valores pré-definidos ao perfil dos candidatos é possível saber quais deles tem mais compatibilidade com o perfil da empresa, gerando maior assertividade nas contratações.

A cultura, quando bem definida e partilhada entre a equipe, guia as ações de todos os membros e serve como ponto de referência para o comportamento e ações tanto de lideranças como dos recursos humanos e colaboradores.

Tudo isso também impacta na visão que o público terá da marca, pois o ambiente de trabalho e as relações interpessoais internas já são considerados no processo de construção da reputação de uma empresa.

Existem sites, fóruns e comunidades virtuais que medem o quanto uma empresa possui uma cultura organizacional saudável. Um deles é o Great Place to Work que certifica e reconhece os melhores ambientes de trabalho em 109 países ao redor do mundo. Figurar nessa lista com certeza vai garantir à qualquer empresa pontos valiosos para sua reputação.

Por que investir em cultura organizacional

Imagine como seria uma orquestra sinfônica sem o maestro para conduzir e alinhar cada instrumentista. Essa é uma analogia do que é uma empresa sem cultura organizacional, com cada colaborador seguindo um caminho diferente e com valores desalinhados.

Dessa forma, a empresa encontrará obstáculos até para atingir objetivos simples. Investir na cultura organizacional é investir na reputação da sua marca.

Ao partilhar dos mesmos valores, a equipe terá sinergia para buscar os objetivos e atuar conforme os mesmos preceitos, criando um ambiente de colaboração e produtividade, que trará conquistas fundamentais após a definição da cultura organizacional, como:

  • Retenção de colaboradores
  • Aumento da reputação de marca
  • Lideranças alinhadas
  • Direcionamento para tomada de decisões

A cultura organizacional da MOTIM

E como a MOTIM aplica esses conceitos internamente? Sempre reforçamos o quanto é necessário que haja posicionamento para construção de reputação. Nós prezamos pelos valores de respeito às diferenças, colaboração, criatividade, autonomia e a valorização de talentos.

Quando falamos em cultura organizacional, é importante saber que são 4 os tipos mais comuns entre empresas

  • Cultura de poder
  • Cultura de papéis
  • Cultura de tarefas
  • Cultura de pessoas

Na MOTIM, aplicamos a “cultura de pessoas”. É comum ver esse tipo de posicionamento em empresas que valorizam a coletividade. Buscamos a construção de um ambiente de trabalho que gere bem-estar e seja produtivo.

Buscamos impulsionar o espírito de equipe e manter o foco nas pessoas - que, em contrapartida, se dedicam de forma mais engajada aos objetivos, pois estes não são vistos apenas como objetivo da empresa e, sim, da equipe.

Esse modelo, em especial, é fortíssimo na retenção e atração de profissionais talentosos e se destaca em negócios que necessitam de criatividade e colaboração, como a MOTIM.

Para garantir que a nossa cultura organizacional esteja sempre sendo aplicada corretamente e protegida, nomeamos dois colaboradores como “guardiões da cultura”, eles trabalham pela manutenção da saúde da empresa e espírito de equipe.

Como instalar uma nova cultura na sua empresa?

Charles Handy, filósofo irlandês, se especializou em comportamento e gestão de pessoas. Foi ele quem criou os quatro modelos de cultura organizacional citados anteriormente. Antes de implantar uma cultura na sua empresa é necessário entender qual o perfil do seu negócio e quais objetivos quer alcançar junto aos seus colaboradores.

Cada cultura organizacional tem suas características e a definição de uma deve ser feita em conjunto com o RH da empresa - que será responsável pela implantação da cultura. A reputação da empresa é uma construção voltada tanto para o público externo quanto para os próprios colaboradores. A cultura organizacional fornece um parâmetro para isso, reforçando o que é valorizado na empresa e os padrões de ação dentro dela.

inscreva-se na walkie talkie
se inscreva na nossa newsletter e receba conteúdos que vão acelerar o ganho de reputação de sua marca.
feito! você se inscreveu na walkie talkie.
ocorreu um erro, tente novamente.

comece o seu motim