O que é branded content? Uma estratégia de marca no mundo digital

publicado em
10/26/2023

Já esteve na situação em que um vendedor tentou te encurralar para fazer uma compra? Geralmente, o consumidor tende a fugir de compras empurradas a ele de maneira muito forçada e na internet isso não é diferente. O cliente preza pelo seu poder de decisão e, acima de tudo, preza por uma relação de confiança com a marca para poder adquirir, ou não, seu produto ou serviço. É a partir dessa percepção que a estratégia de branded content se estabelece no mundo digital.

Antes de mais nada é preciso compreender que o público busca por proximidade e identificação com a marca antes de passar a consumir dela.

Branded content, que pode ser traduzido como “conteúdo de marca”, é a estratégia que mais tem crescido nos últimos anos e se baseia na criação de conteúdo útil e relevante para um determinado público.

Qualquer conteúdo é branded content?

Apesar de a tradução do termo ser “conteúdo de marca”, branded content não é todo e qualquer conteúdo produzido por uma marca. Para se encaixar na estratégia, ele deve ser útil e relevante. Essa é uma maneira de atingir o público de forma sutil, apostando no fortalecimento da relação entre a marca e o consumidor: sua reputação - um conceito essencial para qualquer negócio.

Isso é feito criando conteúdos, fora dos canais oficiais, que engajem o consumidor, dando a percepção de que a marca está presente em sua vida e se importa com ele.

Ao invés de atingir o público com anúncios - que são geralmente ignorados - a marca se associa à diversão e informação criando conteúdos que são mais bem recebidos. Se futuramente o consumidor precisar adquirir um produto ou serviço relacionado à marca, ele terá uma lembrança espontânea dela, já que os dois têm uma relação estabelecida.

Muitas marcas usam dessa estratégia para criar ou reforçar sua relação com o consumidor, quer ver?

Netflix - Almanaque Tudum

A gigante do streaming, Netflix, sempre arrasa quando o assunto é relacionamento com o cliente, né? E no branded content não seria diferente. Em 2021, pelo terceiro ano seguido, a Netflix lançou o almanaque “Tudum” - um caderno de atividades totalmente gratuito.

O almanaque traz conteúdos inéditos dos filmes e séries, entrevistas com os ídolos do público e atividades divertidas. Lembra? Conteúdo útil e relevante para o público com quem a marca quer se relacionar. Em 2021 a procura foi tão grande que o site chegou a sair do ar devido ao alto número de acessos.

Caravana da Coca-Cola

Talvez esse seja o exemplo mais clássico de branded content. Todo ano a Coca-Cola faz a sua tradicional caravana de natal em que os caminhões da marca, enfeitados com as luzes natalinas, percorrem cidades brasileiras encantando adultos e crianças. Mas se engana quem pensa que é só isso!

A caravana da Coca-Cola costuma vir acompanhada de um curta-metragem que traduz a identidade e os valores da marca. No último natal, a Coca lançou o curta “O natal se torna mágico quando estamos juntos”.

A estratégia de branded content adotada pela empresa ao longo dos anos é tão eficaz que ela se tornou um símbolo do natal - e quem a consome nesta data, faz isso porque se identifica com seus valores.

Como e por que investir em branded content?

O branded content é muito eficaz porque o público quer ter contato com a sua ação: ele busca pelo conteúdo e a marca entrega.

Além de fortalecer a reputação da marca, a estratégia potencializa outras ações de comunicação dela, já que o público se aproxima não apenas consumindo o produto, mas também, seguindo as redes sociais ou buscando outros conteúdos até mesmo digitais.

Por isso, o branded content deve fazer parte de uma estratégia de produção de conteúdo bem elaborada como um todo, respeitando suas características funcionais.

Mantenha a identidade da marca

O conteúdo produzido deve estar ligado à identidade da empresa, considerando seus valores de marca e posicionamento. Lembra do exemplo da Coca-Cola? A marca valoriza a união familiar, os bons momentos - a felicidade! E se aliando a esses valores, ela cria a percepção positiva sobre si.

Conheça o público

O conteúdo deve ser útil e relevante, certo? Mas para garantir isso, é preciso que ele impacte o público com quem a marca quer se relacionar. A adequação do conteúdo define seu sucesso, e a marca deve entender o público, suas dores e desejos. Definir uma persona é parte essencial desse processo, pois assim o branded content pode ser mais bem direcionado e ter uma aceitação maior.

Não faça auto-propaganda

Lembre-se sempre: branded content não é propaganda! O objetivo central dele não é a venda direta, mas, sim, reforçar ou estabelecer a conexão com o público alvo e, por consequência, aumentar o valor da marca - gerando reputação. Por isso, não encerre seu conteúdo com frases como “compre esse produto, ele é maravilhoso”.

Aposte em conteúdo de alta performance no branded content

Produzir conteúdo com estratégia é o melhor jeito de fortalecer o relacionamento entre persona e marca e construir uma reputação positiva. A MOTIM  entende a importância de criar estratégias unificadas que funcionem para promover o crescimento das marcas. Fazemos isso com o time de CAP: Conteúdo de alta performance.

Assim, você alimenta o público com conteúdo relevante e aumenta a geração de demanda. Vale fazer 1 motim!

inscreva-se na walkie talkie
se inscreva na nossa newsletter e receba conteúdos que vão acelerar o ganho de reputação de sua marca.
feito! você se inscreveu na walkie talkie.
ocorreu um erro, tente novamente.

comece o seu motim