Marketing conversacional: uma estratégia que não pode ficar de fora do seu negócio

No items found.
publicado em
7/5/2023

Você pode até não saber teoricamente o que é marketing conversacional, mas vamos te mostrar que ele está presente no seu dia a dia e deixa sua vida bem mais fácil, sobretudo quando precisa navegar por um site ou procurar atendimento por canais oficiais de uma empresa.

Neste texto, vamos te mostrar como sua marca pode se tornar mais eficiente com a adoção da estratégia de marketing conversacional. O nome é bastante eficiente quando se trata da auto explicação, mas vamos deixar ele ainda mais claro pra você!

O que é marketing conversacional?

Marketing conversacional é uma estratégia que utiliza ferramentas tecnológicas para construir conversas automatizadas em tempo real para direcionar clientes em sua jornada de compra. Técnico demais? Vamos explicar:

Sim, você já usou o marketing conversacional!

Imagine que você precisa comprar um curso de especialização na sua área, tem a indicação de uma instituição de ensino e resolve dar uma conferida nas opções do site, mas ainda não sabe exatamente qual curso fazer. 

Ao chegar nele, existem dezenas de opções voltadas ao seu campo de atuação, então você vai gastar algum tempo para compará-las e, dependendo da sua disposição, pode até deixar isso pra depois — abandonando o site.

Agora, imagine que ao entrar no site, você dá de cara com um chatbot e nele pode interagir com um atendente virtual, oferecendo as informações necessárias para escolher o melhor curso. 

Certamente, as opções para analisar serão bem menores e assertivas para o seu perfil, então você deve ficar mais estimulado a fazer sua inscrição.

A segunda opção de site provavelmente vai atrair mais visitantes e ter uma taxa de retenção bem maior que a primeira, pois ele está otimizado para tornar a navegação mais ágil, personalizada e eficiente. Bom, isso é marketing conversacional na prática!

Entendendo o comportamento do consumidor

Podemos pular a parte de que o comportamento do consumidor mudou devido à evolução da tecnologia e o fácil acesso aos dispositivos móveis? Okay, então vamos ao que interessa:

O fato principal é que o consumidor atual é mais exigente, impaciente e bem informado. Então, as plataformas de vendas têm um desafio cada dia maior para encarar: como atrair e reter esses consumidores?

Existem alguns indicadores de que uma marca precisa sacudir a poeira e buscar alternativas mais atualizadas.

  • Abandono do carrinho de compras
  • Taxa de rejeição alta em páginas do site
  • Dificuldade em conseguir leads através de formulários

Se o seu site possui alta atratividade nos conteúdos topo do funil, mas pouca ou nenhuma no fundo do funil, você tem um problema na condução desses visitantes. Mapear e compreender o comportamento do seu consumidor é fundamental para direcionamento do negócio e melhora dos resultados.

O marketing conversacional pode te ajudar nisso!

É importante dizer que essa é apenas uma das estratégias de marketing que podem ajudar a melhorar o engajamento do seu site e consequente aumento das vendas e conversões. O marketing conversacional tornará toda a experiência mais pessoal e eficiente.

Veja alguns dados divulgados pela pesquisa CX Trends 2023, que comprovam a eficiência de uma solução tecnológica de personalização da experiência do cliente:

  • 98% dos clientes gastarão mais com empresas que oferecem opção preferida de atendimento ao cliente, como chatbot;
  • 97% dos consumidores gastarão mais com empresas que personalizam o atendimento que oferecem;
  • 70% dos consumidores gastam mais com empresas que oferecem experiências do cliente fluidas, personalizadas e integradas.

Então, se do ponto de vista do cliente é bem mais vantajoso interagir com um chatbot, para a marca esse investimento pode trazer uma melhora considerável dos resultados.

Dá pra usar até no WhatsApp

Ele já é considerado a rede social mais popular aqui no Brasil. O “Zap” é usado por  93,4% dos usuários de internet entre 16 e 64 anos. E se a intenção do marketing conversacional é construir uma experiência personalizada através da troca de mensagens, o uso do App número 1 de conversas cai como uma luva.

Basta fazer a integração do App com o site com a implementação de uma ferramenta automatizada.

Diversas marcas usam a estratégia a partir da integração entre o site e a rede social. Novos recursos do próprio WhatsApp prometem que os usuários brasileiros da ferramenta também poderão visualizar produtos diretamente pelo App, aumentando as oportunidades de uso da rede.

Benefícios além das vendas

O uso de marketing conversacional automatizado oferece ao inbound marketing uma abordagem inovadora e tecnológica para impulsionar as vendas, aprimorar a experiência do cliente e possui mais alguns benefícios positivos.

24 horas por dia

O chatbot é uma inteligência artificial, portanto ele não precisa parar para descansar e nem se dividir em turnos. A ferramenta estará a postos para auxiliar um potencial cliente mesmo que ele resolva comprar um mimo para si às 3 da madrugada.

Dados qualitativos

Saber os dados sobre as visitas ao seu site é muito bom, mas a maioria deles é quantitativo. Com um chatbot, usado no marketing conversacional, dá pra conseguir alguns dados qualitativos  através da interação por conversa com o cliente. Por exemplo, se ele busca por um produto que você não tem, você poderá saber qual produto é esse e em caso de uma alta procura, pode passar a oferecer ele em seu catálogo.

Fluxo de nutrição

Esse é mais voltado aos integrados ao WhatsApp. A mesma conversa que auxilia o cliente poderá, posteriormente, nutrir ele com algumas mensagens em um fluxo de nutrição, podendo servir como atrativo para outras compras. Muitas empresas de e-commerce usam essa estratégia para divulgar vantagens exclusivas, descontos ou tentar recuperar o cliente que não efetuou uma compra.

Sucesso do seu negócio

Sem dúvidas, muitas empresas irão explorar cada vez mais os chatbots para combinar qualidade e eficiência no atendimento e relacionamento com o cliente. Eles desempenham um papel importante no funil de vendas, identificando quando um lead passa pela fase de atração e sugerindo o avanço para a fase de consideração.

Além disso, eles podem ser programados para coletar as informações necessárias sobre os leads, a fim de personalizar diálogos e ofertas. Dessa forma, as perguntas e intervenções do robô podem ser estrategicamente elaboradas construindo uma interface personalizada para cada cliente.

Agora que você já sabe o que é marketing conversacional e como essa estratégia pode contribuir para o sucesso do seu negócio, que tal colocar essa ação em prática?

inscreva-se na walkie talkie
se inscreva na nossa newsletter e receba conteúdos que vão acelerar o ganho de reputação de sua marca.
feito! você se inscreveu na walkie talkie.
ocorreu um erro, tente novamente.

comece o seu motim