BI: O papel do Business Intelligence para reputação de uma empresa

No items found.
publicado em
7/26/2023

O nome pode gerar a sensação de complexidade, mas o Business Intelligence, ou BI para os íntimos, não é nada mais do que um método para coletar e organizar dados e informações em um negócio e torná-los a base das tomadas de decisão da empresa. Esse conjunto de conceitos e técnicas serve para dar assistência especialmente aos gestores. Hoje, softwares de BI são muito avançados e, em alguns casos, conseguem captar dados referentes à empresa, de forma automática (como a quantidade de acessos em um site ou vendas online, por exemplo).Mas calma! Vamos explicar ponto a ponto o que é o BI e como ele funciona para marcas, sobretudo as de inovação. Vamos lá?

O que é Business Intelligence?

O Business Intelligence, que pode ser traduzido como inteligência de negócios, é um método para gerenciar informações e, com base nelas tornar o negócio mais rentável. BI consiste na coleta, armazenamento, organização, análise, interpretação e aplicação de dados que ajudem nas tomadas de decisão de empresas.

Os princípios do BI

Como já dissemos acima, o BI tem uma meta: auxiliar negócios de maneira inteligente, reduzindo risco e aumentando a produtividade da marca. Ele também é muito comum nas estratégias de Marketing de Performance. Mas como alcançar tal objetivo?Business Intelligence possui algumas etapas, veja elas a seguir:

1. Dados são a base de tudo

Um médico só prescreve uma medicação após fazer exames no paciente. Um mecânico só conserta um carro após avaliar sua situação — ambos tomam suas decisões baseadas nos dados apresentados.Em uma empresa não é diferente. Os dados são a base da tomada de decisão, e o método de business intelligence começa a partir deles. Com a captação das informações, o processo segue para a segunda etapa.

2. Organização dos dados

Se você já os tem em mãos, agora é a hora de organizá-los. O BI, como método, é comumente confundido com as ferramentas de BI; são nelas que os dados são organizados e analisados, mas esse processo não depende exclusivamente dessas ferramentas pagas. Uma boa planilha no excel também pode ajudar a organizar seus dados e te levar para a terceira etapa.

3. Análise

Quanto a empresa cresceu no último trimestre? Qual a taxa de cliques em um determinado anúncio? Essas são algumas das milhares de métricas que podem ser conseguidas e analisadas. As informações se transformam em tabelas, gráficos e índices de crescimento.O Share Of Voice, por exemplo, é um tipo de métrica que ajuda a entender uma empresa, portanto, o tipo de dado que você coleta e analisa pode ser bastante variado.

business-intelligence

Os softwares de BI

Softwares, ferramentas e sistemas de Business Intelligence são cada vez mais utilizados, principalmente nas empresas com interesse no uso estratégico de dados.É claro que as movimentações precisam ser embasadas em dados reais e eles são gerados diariamente na internet e em grandes quantidades.De acordo com o site Resultados Digitais, “uma análise BI ou uma estratégia balizada por BI é mais do que um simples relatório. Ela é uma mudança na cultura da sua empresa, que começa a acreditar em dados e na aplicação deles. Isso deve ser algo feito constantemente e não pontualmente.”Os softwares de BI possuem dashboards com os KPIs que são importantes para determinada empresa. Assim, os responsáveis sabem exatamente o que é preciso executar e o prazo estabelecido para isso.

E para quê serve tudo isso?

O método de Business Intelligence serve para medir o desempenho passado de uma marca e para planejar o futuro dela. O BI transforma dados brutos em informações e insights inteligentes, dando suporte à tomada de decisão, para que essa seja feita com base em evidências.A seguir, destacamos alguns exemplos de benefícios que o uso do BI pode trazer:

  • redução de custos por meio de dados que sugerem investimentos mais assertivos;
  • avaliação de mercado e detecção de oportunidades;
  • acompanhamento da experiência do consumidor;
  • diagnóstico das melhores ações de marketing, segmentação de público, direcionamento dos recursos;

E como tudo isso se traduz para além da visão de negócios? A marca que possuir maior previsibilidade e assertividade em suas decisões, consequentemente conseguirá fortalecer a sua reputação. No ambiente da inovação, marcas que não se abrem para realidades como essa, estão perdendo tempo, valor e dinheiro.

inscreva-se na walkie talkie
se inscreva na nossa newsletter e receba conteúdos que vão acelerar o ganho de reputação de sua marca.
feito! você se inscreveu na walkie talkie.
ocorreu um erro, tente novamente.

comece o seu motim